Campus e Comunidade

“Tenho a certeza que fizeram muito bem em vir estudar para o Técnico”

Decorreu este sábado, 21 de maio, o Dia da Graduação, no campus Alameda, uma cerimónia solene de entrega de diplomas aos estudantes que completaram os cursos de mestrado, em 2014/15, e de doutoramento, em 2015, no Instituto Superior Técnico.

Para o professor Arlindo Oliveira, presidente do Técnico, “o investimento no Ensino Superior é um dos mais sustentáveis que podemos fazer na vida de um jovem”. Por isso mesmo, agradeceu, como habitualmente, às famílias, por todo o apoio que deram aos vários anos de trabalho passados no Técnico.

“O mundo vai ser profundamente diferente quando, daqui a vinte ou trinta anos, tiverem empregos que neste momento nem sabemos que vão existir”, referiu ainda. “Ao ensinarmos a pensar, ensinamo-vos a estar preparados.”

A cerimónia contou ainda com a presença do engenheiro João Paulo Girbal, graduado em 1985 e atualmente presidente da direção da Centromarca, que aproveitou para falar um pouco da sua experiência (foi, durante város anos, diretor da Microsoft), “na esperança de que vos sirva”, disse aos presentes, antes de deixar uma palavra de ânimo: “Por detrás das nuvens mais escuras, o sol brilha – e vai certamente brilhar no vosso futuro”.

O engenheiro Paulo Quental, diplomado em 2015 e atualmente a trabalhar no Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear (IPFN), também foi convidado a deixar algumas palavras. “Estamos na melhor escola do país porque somos os melhores do país”, começou por dizer, ao som de uma enorme salva de palmas. “As escolas são feitas de alunos.”

O alumnus lembrou ainda a importância das redes de contactos que se criam durante a passagem pela universidade, agradecendo a todos os presentes: “Quero agradecer a todos vocês, meus colegas e amigos – sem vocês não era o engenheiro que sou hoje, não era a pessoa que sou hoje e o Técnico não seria a escola que é hoje”.

A sessão foi encerrada pelo reitor da Universidade de Lisboa, professor António Cruz Serra, que ocupou o cargo de presidente do Técnico na altura em que muitos dos agora diplomados ingressaram no Técnico. “Muitos parabéns a todos: vocês são a razão da existência do Técnico e da Universidade. (…) Espero que pela vossa ação o país mude e seja, no futuro, melhor do que é hoje. Arrisquem”, aconselhou o docente.

“Tenho a certeza que fizeram muito bem em vir estudar para o Técnico”, concluiu.

O Dia da Graduação no campus Taguspark decorreu uma semana antes, no dia 14 de maio, e contou igualmente com a presença do presidente do Técnico, acompanhado do vice-presidente para a gestão do campus, professor Luís M. Correia.