Eventos

IST Distinguished Lecture – Constantino Tsallis

Técnico - Campus Alameda

“Por que é mais fácil entender o conceito de energia que o de entropia?”. - 11h

  •  Data: 5 de julho 2022, terça-feira
  • Hora: 11h00
  • Local: Complexo Interdisciplinar, Anfiteatro Abreu Faro (a confirmar).

 

No próximo dia 5 de julho, vai realizar-se mais uma “IST Distinguished Lecture”. A palestra terá início às 11h00, no anfiteatro Abreu Faro, Complexo Interdisciplinar.

• Orador: Constantino Tsallis (Professor/Investigador Emérito, Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas/Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações brasileiro, Rio de Janeiro; membro titular da Academia Brasileira de Ciências; e, ainda, membro da Academia de Ciencias de América Latina).

• Palestra: “Por que é mais fácil entender o conceito de energia que o de entropia?” (Why is it easier to understand what is energy than what is entropy?)

• Breve resumo: Em física, a energia tem a ver com possibilidades. A entropia tem a ver com as probabilidades destas possibilidades. A primeira emerge nas mecânicas e no eletromagnetismo, ciências mais empíricas. A segunda emerge em termodinâmica e em mecânica estatística, ciências mais abstratas. Intenciono elaborar sobre estes conceitos, e ilustrá-los em sistemas simples e complexos típicos.

• Bio.: Constantino Tsallis nasceu na Grécia, cresceu e estudou na Argentina, fez o Doctorat d’État ès Sciences Physiques na Universidade de Paris, onde lecionou por muitos anos. Lecionou também na École Supérieure de Physique et Chimie Industrielles de la Ville de Paris. Em 1975 emigrou para o Brasil, onde reside desde então. Interessa-se, particularmente, pelos fundamentos e aplicações da mecânica estatística. Investigador Emérito do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (Rio de Janeiro) e do Santa Fe Institute (New Mexico), Doutor Honoris Causa de diversas Universidades no Brasil, Argentina e Grécia. Foi premiado em vários países, incluindo a distinção “Aristion” (Excelência) pela Academia de Ciências da Grécia (Atenas), originalmente fundada por Platão. Estudo recente da Universidade de Stanford atribuiu-lhe pela terceira vez consecutiva o ranking de cientista do Brasil mais influente mundialmente.

• Promotores / Moderadores: Mário Figueiredo (professor catedrático, DEEC/IST; IT Lx) e André Martins (professor associado, DEEC/IST; IT Lx).