degree-courses

O Instituto

O Instituto Superior Técnico tem como missão contribuir para o desenvolvimento da sociedade, promovendo um Ensino Superior de qualidade nas áreas da Arquitetura, Engenharia, Ciência e Tecnologia, nas vertentes de graduação, pós-graduação e formação ao longo da vida, e desenvolvendo atividades de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (ID&I), essenciais para o progresso do conhecimento, e para ministrar um ensino ao nível dos mais elevados padrões internacionais.

Factos e números

1911

O Instituto Superior Técnico foi fundado em 23 de maio de 1911 por Alfredo Bensaude.

42%

Alunos empregados antes de concluir o curso.

86%

Diplomados empregados até 6 meses após a conclusão do curso.

77%

Diplomados de 2º Ciclo empregados na área de formação.

11.412

Número de estudantes que o Técnico acolhe (três ciclos de estudos).

2.237

Publicações científicas no ISI Web of Science.

53

Empresas spin-off criadas no Técnico desde 2009.

3

O Técnico dispõe de três campi (Alameda, Taguspark e Tecnológico e Nuclear).

3

Residências universitárias do Técnico localizadas em diferentes pontos da área de Lisboa.

31%

Estudantes internacionais de Doutoramento.

Fonte: NEP, 01.09.2017.

Uma Escola para o Mundo

A celebração do centenário do Técnico, em 2011, assinalou um marco histórico numa instituição que mantém as suas tradições e valores intactos, projetando-os no futuro de um mundo global e altamente qualificado. Conceitos como inovação, conhecimento e tecnologia foram adotados como princípios estratégicos numa instituição que procura assegurar elevados níveis de ensino que promovem a excelência e se adequam às exigências da sociedade do conhecimento.

O Técnico, integrado na Universidade de Lisboa, a maior e mais competitiva universidade do país, é reconhecido nacional e internacionalmente como uma escola de elevada reputação e notoriedade nas áreas da Arquitetura, Engenharia, Ciência e Tecnologia. Agrega os mais prestigiados laboratórios e institutos de Investigação, Desenvolvimento e Inovação (ID&I) existentes em Portugal, cujo impacto internacional é bem patente em diversos domínios da investigação científica.

A oferta formativa abrange um vasto leque de cursos de licenciatura e de mestrado. Ao nível da formação pós-graduada disponibiliza diversos programas de doutoramento, permitindo o desenvolvimento de um conjunto de competências transversais aos seus alunos. O Técnico está envolvido ativamente em várias redes e programas internacionais que visam a mobilidade dos seus estudantes, nomeadamente através de programas de graduação e pós-graduação.O valor produzido pelo Técnico para a sociedade tem sido fundamental na criação de conhecimento de vanguarda em áreas de cariz científico e tecnológico. A aposta na transferência desse valor assume-se como eixo central da atividade da escola.