Shuttle

O acesso ao campus Taguspark é disponibilizado gratuitamente por autocarros regulares ao serviço do Técnico, que proporcionam a mobilidade entre os dois campi e as estações de Sete Rios, Oeiras e Cacém, no período das 7:00 às 20:10 horas (conforme horários definidos segundo o calendário escolar aprovado para cada ano letivo). A ligação é assegurada com várias paragens intermédias.

A gestão, acompanhamento e planeamento do shuttle ao serviço do Técnico é da responsabilidade da Área Financeira do Taguspark.


Projeto “A pedalar”

No âmbito da Semana da Mobilidade do Técnico, que decorreu no período de 21 a 25 de setembro de 2015, a escola destacou-se, uma vez mais, através de um projeto inovador intitulado “A pedalar”, em que se pretenderam implementar formas mais sustentáveis de transporte nas rotinas diárias da comunidade escolar através da deslocação para o Técnico de bicicleta. Esta iniciativa, que contou com o apoio da Caixa Geral de Depósitos, consistiu na cedência de diversas bicicletas e respetivo cadeado para uso gratuito da comunidade escolar, sendo requisitadas junto da receção do Pavilhão Central do campus Alameda.

Face à adesão e sucesso do projeto, a escola adquiriu dez bicicletas “residentes” que se encontram disponíveis para usufruto da comunidade do Técnico, de acordo com um conjunto de normas de utilização que constam no regulamento elaborado para o efeito. A respetiva requisição deverá ser efetuada na receção do Pavilhão Central, através da apresentação do cartão do Técnico.


Normas de utilização

  • As presentes normas pretendem definir os procedimentos referentes à requisição e utilização de bicicletas pela comunidade IST.
  • As bicicletas estarão disponíveis no campus Alameda do Técnico, e podem ser requisitadas por alunos, trabalhadores docentes, não docentes, investigadores, bolseiros, alumni e outros colaboradores pertencentes à comunidade escolar.
  • As bicicletas existentes destinam-se exclusivamente para fins recreativos e/ou outras deslocações de natureza particular.
  • As bicicletas poderão ser requisitadas na receção do Pavilhão Central do Técnico, no seguinte horário: 9.00 – 17.00 horas.
  • As bicicletas deverão ser entregues até às 17.00 horas do dia seguinte à sua requisição.
  • A requisição das bicicletas inclui a cedência de um cadeado que deve ser colocado sempre que a bicicleta estiver sem vigilância
  • As bicicletas serão alvo de vistoria antes e depois do período de utilização, tendo como referência a ficha técnica da bicicleta.
  • O requisitante fica responsável por fazer uso prudente da bicicleta e do cadeado, devendo manter o seu bom estado de funcionamento, conservação e segurança.
  • No ato de requisição da bicicleta, mediante apresentação do cartão de identificação do Técnico (ou outra forma de verificação da identidade e ligação ao Técnico), deverá ser preenchida e assinada uma ficha, em que constarão os contactos do requisitante, o período de requisição, o termo de responsabilidade, e o resultado da vistoria à bicicleta.
  • O requisitante deverá agir com prudência e cumprir as regras do Código da Estrada.
  • Os menores de 18 anos não poderão utilizar as bicicletas sem a existência de um termo de responsabilidade assinado pelos pais, encarregados de educação ou tutores, ficando estes responsáveis pelo bom uso da bicicleta e cumprimentos das normas vigentes no regulamento.
  • Findo o período de requisição, o utilizador deverá proceder à entrega da bicicleta na receção do Pavilhão Central dentro do horário estabelecido no ponto 4.
  • A requisição de bicicletas não inclui seguros de responsabilidade civil e de acidentes pessoais, sendo que o requisitante será responsável por quaisquer acidentes ou prejuízos causados ou sofridos durante o período de utilização.
  • A não devolução da bicicleta, ou a sua devolução danificada, poderá dar lugar a um processo de averiguações e eventual sanção pecuniária.
  • A utilização das bicicletas que estão disponíveis para requisição pressupõe o conhecimento integral e aceitação das normas acima descritas.

Estacionamento

A Gestão do Parque de Estacionamento do campus Alameda é feita sob orientação direta do Conselho de Gestão e tem por objetivo a regulação do acesso de veículos automóveis ao campus de acordo com o Regulamento de Acesso ao Parque de Estacionamento do Técnico.


A quem se destina o parque?

O parque deve servir, em primeiro lugar, funcionários e agentes ou equiparados do Técnico. Como o número destes ultrapassa (largamente) o número de lugares disponíveis, o uso do parque por outras pessoas (com maior ou menor vínculo ao Técnico) deve estar sujeito a quotas em horário laboral, ou seja, entre as 8.00 e as 17.00 horas dos dias úteis.

Atribuição de cartões de acesso limitado:

Cartões de acesso limitado serão atribuídos, através de um pedido de solicitação dos respetivos cartões, a alunos, bolseiros do Técnico, investigadores dos centros de investigação do Técnico sem vínculo laboral com a escola, funcionários da APIST, da AEIST e das IPSFL sediadas no Técnico.

De que forma se procede à solicitação de um cartão?

Qualquer eventual utilizador que tenha acesso à área Login Técnico (Fénix) deverá efetuar aí o registo para solicitação de cartão de acesso ilimitado ou limitado.

Tratando-se de funcionários e agentes ou equiparados do Técnico poderão fazê-lo em qualquer altura.

Outros utilizadores só o poderão fazer (por questões logísticas) em determinadas alturas: em outubro para os que se candidatam a cartões ilimitados; de dois em dois meses, a partir de novembro, para os que pretendem cartões de acesso limitado.

Qual o custo de emissão de cartão?

Não há qualquer custo associado para funcionários e agentes ou equiparados do Técnico.
Para todos os outros utilizadores o custo é de cinco (5) euros pagos uma única vez (não se trata de uma anuidade).
Notar que, para qualquer utilizador, o custo de emissão de um novo cartão por extravio (ou por danos, não imputáveis a avaria do próprio cartão) é de dez (10) euros.

Tipos de acesso:

Existem, assim, dois tipos de acesso ao parque:

  • Sem restrição de utilização, de aqui em diante “acesso ilimitado”;
  • Com restrição a determinados horários, de aqui em diante “acesso limitado”.
  • Cartões de acesso ilimitado serão atribuídos, através de um pedido de solicitação, a qualquer funcionário e agente ou equiparado do Técnico.
  • Cartões de acesso ilimitado serão atribuídos, após candidatura e seleção e até quotas pré-definidas, a alunos, bolseiros do Técnico, investigadores dos centros de investigação da escola sem vínculo laboral com o Técnico, funcionários da APIST, da AEIST e das IPSFL sedeadas no Técnico.


Contactos

Gestão do Parque de Estacionamento: Helena Domingues
Telefone: (+351) 218 417 331/847 – Ext. 1331
E-mail: estacionamento@tecnico.ulisboa.pt