Saltar para o conteúdo | Saltar para a navegação

Início / Notícias recentes

Palavras-chave

4 de mar. 2015

"As capacidades técnicas não são um fator de diferenciação"

O segundo dia da SET - Semana Empresarial e Tecnológica, teve como "prato principal" uma palestra de Rogério Carapuça, chairman da Novabase, sobre "o que procuram as empresas que empregam" nestes dias.

"É sempre com muito gosto que participo em atividades desta casa que também foi minha", começou por dizer o antigo docente de Engenharia Eletrotécnica e de Computadores do Técnico, antes de avançar na palestra.

"Aquilo que procuramos essencialmente é a atitude certa", afirmou. "Em Portugal, na área das Tecnologias de Informação e Comunicação, temos uma situação de pleno emprego. Isso não quer dizer que toda a gente tem exatamente o emprego que quer, por isso vocês têm que fazer por isso."

Para Rogério Carapuça, isto implica "apresentar indícios seguros de uma boa atitude", já que "as capacidades técnicas muito boas não são, neste momento, um fator de diferenciação". "Têm que se lembrar que não estão a concorrer unicamente com outros engenheiros do país. Neste momento, a concorrência é global, e há muitos muito bons engenheiros."

Segundo o chairman da Novabase, estes indícios podem transparecer, desde logo, no Curriculum Vitae: domínio de línguas, trabalho voluntário ou experiência de trabalho durante o curso podem indicar que um candidato tem a "atitude certa". "Têm que perceber que é muito mais fácil pôr alguém com a atitude certa a dominar uma nova competência do que mudar a atitude de alguém muito bom tecnicamente."


Palavras-chave

4 de mar. 2015

RedBull Paper Wings no 2º dia do MecanIST

A tarde do segundo dia do MecanIST - Jornadas de Engenharia Mecânica do Instituto Superior Técnico, foi totalmente ocupada com a competição RedBull Paper Wings, uma competição universitária nacional de aviões de papel, com sete etapas antes da grande final, a 28 de março.

Cerca de 100 alunos inscreveram-se para participar na competição, dividida em três categorias (acrobacias, distância e tempo de voo), que decorreu no átrio do Pavilhão de Civil, depois de um aquecimento que provocou muitas gargalhadas. O júri foi composto pelo professor João Melo de Sousa, por Pedro Sereno (presidente da AEIST) e por Filipe Quintino (presidente do Fórum Mecânica, responsável pela organização do MecanIST).

Já durante a manhã dois engenheiros da OGMA, Jorge Palma e Nuno Coutinho, tinham presenteado os participantes com uma palestra intitulada "Together we fly higher", que se seguiu a uma apresentação do Grupo GLN.


Palavras-chave

4 de mar. 2015

SINFO chega ao fim com evento dedicado às startups

A SINFO - Semana Informática do Instituto Superior Técnico, chegou ao fim no último fim-de-semana, depois de seis dias carregados de palestras, workshops, apresentações e outras atividades, com um evento dedicado às startups e empreendedorismo, intitulado Startup Rush.

Durante toda a sexta-feira e uma boa parte de sábado, a equipa organizou sessões de pitching de ideias, apresentações de startups, momentos de networking com mentores e uma hackathon que reuniu dezenas de alunos e outros interessados no Salão Nobre do Técnico. Foi o final ideal para aquela que a organização considera que será "uma das melhores, se não a melhor, das edições da Semana Informática até ao momento".

"O nosso objetivo é trazer aos nossos colegas altas personalidades do mundo da informática, capazes de os inspirar e incentivar a superarem-se. Com o anfiteatro cheio todos os dias, não existem dúvidas que este objetivo foi alcançado", destacou Diogo Nicolau, membro da equipa organizadora da SINFO.

"Queremos, com o Startup Rush, trazer ainda mais empresas cheias de energia no próximo ano e tornar a Semana Informática um evento definitivamente criado por estudantes para estudantes."

Diogo Nicolau aproveitou ainda para pedir desculpa "a todos aqueles que não conseguiram assistir a palestras" por falta de espaço no Anfiteatro do Centro de Congressos, garantindo que vão, a todo o custo, tentar encontrar soluções para o problema - em sessões como as de Steve Huffman, Minh Le ou Peter Sunde, por exemplo, algumas centenas de alunos foram impedidas de entrar no espaço, que se encontrava totalmente lotado.