Sobre o Curso

A Engenharia Civil é responsável pela execução grandes obras como barragens, viadutos e pontes, estradas e canais, edifícios e equipamentos coletivos, portos e aeroportos, redes de saneamento e sistemas de transportes, além de estar envolvida na reabilitação e manutenção das infraestruturas e construções existentes. É também responsável pelo planeamento das cidades e pelo ordenamento do território, pela conceção, planeamento e manutenção das estradas, das redes de abastecimento de água e de saneamento, pelo tratamento e reciclagem de resíduos, pela gestão dos recursos hídricos e por tantas outras atividades necessárias à vida em sociedade.

O crescimento da população mundial, o seu fluxo para as cidades e a necessidade de reabilitar muitas das construções e infraestruturas existentes, oferecem muitas oportunidades de trabalho aos Engenheiros Civis, em Portugal e no Mundo. Estas tendências vão colocar novos desafios aos Engenheiros Civis no desenvolvimento de soluções inovadoras de construção e de reabilitação.

Plano Curricular

Mestrado Integrado em Engenharia Civil está dividido em 1º Ciclo e 2º Ciclo.

Duração normal do curso:

  • Licenciatura – 6 semestres
  • Mestrado – 4 semestres

Número de créditos para a obtenção do grau:

  • 180 ECTS – Licenciado (em Ciências de Engenharia Civil)
  • 120 ECTS – Mestre (em Engenharia Civil)

Tronco comum:

  • 264 ECTS

Áreas de especialização:

  • Estruturas;
  • Construção;
  • Geotecnia;
  • Hidráulica e Recursos Hídricos;
  • Urbanismo;
  • Transportes e Sistemas.

Coerência científica com os mestrados:

  • MMA;
  • MBioNano;
  • MOTU.

Saídas Profissionais

Os Engenheiros Civis do Técnico poderão desenvolver atividades como:

  • Construção de edifícios, pontes, equipamentos públicos e outras grandes instalações;
  • Modelação do terreno e obras geotécnicas;
  • Sistemas e redes de abastecimento de água e saneamento;
  • Reabilitação de construções e de infraestruturas;
  • Reciclagem e gestão de resíduos;
  • Planeamento territorial e urbano, loteamentos e gestão do território;
  • Vias de comunicação e transportes;
  • Planeamento e gestão de sistemas de transportes e mobilidade urbana;
  • Produção de materiais e componentes da construção;
  • Gestão e manutenção de empreendimentos e obras;
  • Logística (sistemas e infraestruturas).

Poderão ainda desempenhar funções de:

  • Consultoria;
  • Liderança;
  • Chefia;
  • Gestão;
  • Formação profissional e ensino.

Hoje os profissionais desta área voltam a ser alvo de grande procura por parte do mercado de trabalho.

Vagas e Notas Mínimas de Seriação

Ano Vagas Nota Mínima de Seriação
2016/2017 145 120,0
2017/2018 137 132,5
2018/2019 129 125,5