Estudantes Internacionais

O Decreto-Lei nº 36/2014 de 10 de março estabelece o Estatuto do Estudante Internacional e os requisitos que um candidato tem que reunir para se poder candidatar ao Ensino Superior ao abrigo do Regime Especial de Ingresso e Acesso para Estudantes Internacionais. Deve salientar-se que, à parte outros requisitos, os cidadãos da União Europeia e os cidadãos que não sendo da União Europeia residam em Portugal ininterruptamente há mais de dois anos (em relação a 31 de agosto do ano de candidatura) não podem candidatar-se ao abrigo deste regime, devendo candidatar-se ao concurso nacional de acesso.

Os candidatos devem consultar o referido decreto para confirmação. Para mais informação contactar a Área de Graduação.

Candidatura (1º Ciclo) Candidatura a Mestrados


Guia do Estudante Internacional

Encontra-se disponível, na seguinte hiperligação, o Guia do Estudante Internacional. Informação adicional pode ser encontrada em www.studyinportugal.edu.pt.

Vagas

Encontra-se disponível, na seguinte hiperligação, a informação sobre o número de vagas para o 1º ciclo e a informação sobre os cursos disponíveis para o 2º Ciclo, ao abrigo deste programa.

Propinas

1.º e 2.º ciclos: 7000€/ano, 30% pagos no ato da matrícula, 35% até 15 de março de 2018, 35% até 31 de maio de 2018 (Não aplicável a estudantes oriundos da união europeia e estudantes fora da união europeia residentes em Portugal ininterruptamente há mais de dois anos, aos quais se aplica a propina dos estudantes nacionais).
3.º ciclo: 2750€/ano, 50% pagos no ato da matrícula, 50% até 28 de fevereiro de 2018.
Os estudantes com melhor currículo poderão beneficiar de redução de propinas.

Prazos 1º Fase

20 de março a 14 de abril de 2017 Apresentação de candidaturas
1 a 5 de maio de 2017 Afixação de editais
31 de julho a 1 de setembro de 2017 Matrícula e Inscrição

Prazos 2º Fase

15 de abril a 30 de junho de 2017 Apresentação de candidaturas
17 a 21 de julho de 2017 Afixação de editais
31 de julho a 1 de setembro de 2017 Matrícula e Inscrição
Para os cursos que, após a 2ª fase, não preencham o número de vagas considera-se que se mantém aberto em permanência um período de candidaturas até 20 de outubro de 2017. Todos os processos de seleção e matrícula deverão estar concluídos até 31 de outubro de 2017.

Documentos necessários

As candidaturas serão efectuadas online, para um curso/ciclo de estudos específico. O candidato deve fornecer todos os documentos mencionados no referido regulamento, bem como uma carta de motivação onde sejam identificados o curso e o ciclo de estudos a que se candidata. Para completar o processo de candidatura é necessário submeter os seguintes documentos digitalizados:
  • Foto atual
  • Curriculum vitae
  • Certificados de habilitações discriminado com média
  • Documento que especifique a escala das classificações académicas
  • Carta de motivação e, no caso de candidatura a programa doutoral, cartas de motivação
  • Documento de identificação
  • Certificado comprovativo de conhecimentos de Língua Portuguesa, se o aluno não frequentou o ensino secundário ou equivalente em Língua Portuguesa (aplicável apenas aos candidatos ao 1.º ciclo de estudos).
  • Declaração, sob compromisso de honra, de que não tem nacionalidade portuguesa e reúne as condições para usufruir da condição de Estudante Internacional
  • Comprovativo de pagamento dos emolumentos de candidatura
Os candidatos devem consultar o Regulamento de Acesso e Ingresso de Estudantes Internacionais aos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do Técnico para informação complementar sobre o teor dos documentos e sua validação.

Candidatos Nacionalidade Brasileira

Para os candidatos de Nacionalidade Brasileira que completaram o ensino médio no Brasil usam-se as notas obtidas no ENEM, sendo que para acesso a LEIC só é considerada a nota da prova MAT e para os restantes cursos são consideradas ambas as notas de CNAT e de MAT.A nota mínima exigida para estes exames é de 500 na escala 0-1000.Para efeito de seriação, é considerada a classificação média do último ano do ensino médio, convertida à escala 0-200.

Por semelhança ao que acontece com o Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior Português, aceita-se a nota do ENEM dos dois últimos anos.

Emolumentos de candidatura

Para que o processo de candidatura seja avaliado é necessário que os candidatos paguem um emolumento de candidatura (100 €) devendo o comprovativo desse pagamento, por transferência bancária, ser submetido com os restantes documentos de candidatura. A transferência bancária deve ser identificada com o primeiro e último nome do candidato.
Dados para a transferência bancária: Caixa Geral de Depósitos – agência Técnico NIB: 0035037300009142730 75 IBAN: PT500035037300009142730 75 SWIFT/BIC: CGDIPTPL