Campus e Comunidade

“Não se esqueçam nunca que foram alunos do Instituto Superior Técnico, que esta é a vossa escola, esta é a nossa escola”

O Professor Arlindo Oliveira dirigiu-se aos recém-graduados apelando para que mantenham a sua ligação à escola.

Decorreu este sábado, 20 de maio, o Dia da Graduação no campus Taguspark, cerimónia solene de entrega de diplomas aos cerca de 30 diplomados que concluíram um curso de mestrado (de ciclo integrado e 2.º ciclo) no ano letivo de 2015/2016 ou um programa de doutoramento em 2016 no Técnico.

A sessão teve início com um curto discurso do Vice-Presidente para a Gestão do campus Taguspark, Professor Luís Correia, que felicitou todos finalistas, passando depois a palavra à antiga aluna do Técnico, Engenheira Judite Reis, atual Network Operation Director da NOS Portugal, que partilhou um pouco da sua experiência profissional, após terminar o curso de Eletrotecnia e de Computadores no Técnico há 25 anos, e falou aos diplomados acerca das “exigências que hoje se deparam aos alunos e aos finalistas que terminam o curso e que querem encetar a sua vida profissional.”

Após a entrega dos diplomas, o Presidente do Técnico, Professor Arlindo Oliveira dirigiu-se aos mais recentes alumni: “Os graduados que aqui chegam, completam hoje, mais coisa menos coisa, cerca de 5 anos de um esforço intenso que os levou a concluir, aqui no Instituto Superior Técnico, uma das mais exigentes universidades da europa e do mundo, um curso que é extremamente valioso”.

“Não se esqueçam nunca que foram alunos do Instituto Superior Técnico, que esta é a vossa escola, esta é a nossa escola”, referiu ainda o Presidente do Técnico.

A sessão foi encerrada pelo vice-reitor da Universidade de Lisboa, Professor Eduardo Pereira, que agradeceu o esforço dos alunos e das suas famílias, assim como à escola “pelo excelente trabalho que continua a fazer”. O professor lembrou ainda aos alunos finalistas que “vocês saem agora daqui para começarem uma nova etapa mas as portas estão sempre abertas para vocês voltarem, ou como alunos, colegas ou professores, ou como pessoas que se interessam pela vida da escola e que Técnico, e a Universidade de Lisboa, tanto precisam para o seu desenvolvimento”, terminando com o desejo de “Boa sorte neste novo começar!”