Sobre o Curso

O Mestrado em Informação e Sistemas Empresariais aborda o estudo das tecnologias e sistemas empresariais, bem como do funcionamento das organizações, de forma a procurar soluções face às necessidades de constante inovação tecnológica. Os Mestres neste curso adquirem, assim, competências que lhes permitam desenvolver metodologias de exploração, aplicação e avaliação das tecnologias ajustadas ao estudo de intervenção em cenários de uso, exploração e experimentação digitais em contexto organizacional.

O curso funciona em ensino à distância, maioritariamente em regime online, concentrando-se somente em sessões presenciais obrigatórias em regime intensivo com duração de cerca de uma semana por ano. É uma parceria entre o Instituto Superior Técnico e a Universidade Aberta.

ig_logo_vertical_cor

Plano Curricular

O Mestrado em Informação e Sistemas Empresariais tem a duração de 4 semestres (2 anos), correspondentes a 120 ECTS, e é composto pelas seguintes componentes curriculares:

  • 1º ano (ECTS)

    • 36
    • 24
  • 2º ano (ECTS)

    • 12
    • 6
    • 12
    • 30

Plano Curricular

  1. Especialidade: Área Principal (48 ECTS)

    O Mestrado em Informação e Sistemas Empresariais (Major) aprofunda os conhecimentos em temáticas como Sistemas de Informação (modelação e usabilidade), Tecnologias de Informação e Comunicação, Arquiteturas Tecnológicas Empresariais, Ciência de Dados, entre outras.

  2. Opções Livres (30 ECTS)

    Parte do currículo é de opção totalmente livre, significando que poderão ser escolhidas disciplinas não só das áreas do mestrado, como de qualquer área científica oferecida no Técnico.

    Nesta componente, inclui-se a possibilidade de realização de um Minor, um conjunto de disciplinas de âmbito multidisciplinar correspondente a 18 ECTS. A oferta é transversal para todos os cursos do Técnico.

    Minors

    Poderão ser ainda creditadas atividades extracurriculares, num máximo de 6 ECTS.

  3. Projeto (12 ECTS)

    No Projeto de Mestrado, é definida a proposta de tese a desenvolver na disciplina de Dissertação, incluindo a revisão de literatura, objetivos e planeamento do trabalho.

  4. Dissertação (30 ECTS)

    A dissertação é o trabalho final do ciclo de estudos, permitindo a cada estudante debruçar-se e especializar-se sobre um assunto específico.

Destinatários

O Mestrado em Informação e Sistemas Empresariais destina-se a licenciados de qualquer área que pretendam desenvolver competências nesta área ou atualizar a sua formação.

O curso é lecionado em português podendo algumas unidades curriculares ser lecionadas em língua inglesa, caso existam alunos internacionais ou em programas de mobilidade inscritos.

Saídas Profissionais

Os Mestres em Informação e Sistemas Empresariais estão aptos ao exercício de funções como:

  • Gestão de projetos de intervenção organizacional que visam a adoção e a boa utilização da informação e as tecnologias de informação, e sistemas empresariais;
  • Conceção e integração de soluções tecnológicas considerando os mais amplos domínios de intervenção organizacional;
  • Intervenção na experimentação e integração de informação e tecnologias e sistemas empresariais assim como de serviços de informação em contexto organizacional;
  • Conceção e implementação de projetos de experimentação/investigação.

Condições de Acesso

Podem candidatar-se a um 2.º ciclo do Técnico estudantes que:

  • sejam titulares de uma formação de 1.º ciclo na área de Ciências e Tecnologia (excetua-se o caso do 2.º ciclo em Arquitetura que pressupõe uma formação de 1.º ciclo em Arquitetura);
  • sejam detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que ateste a sua capacidade para realização do mestrado a que se candidatam.

Os candidatos são seriados segundo os seguintes critérios:

  • Afinidade entre o curso que possuem e o curso a que se candidatam;
  • Natureza do grau que possuem;
  • Sucesso escolar no curso que frequentaram.

Nota: caso seja solicitado, poderão ser valorizados o currículo académico, científico ou profissional e a prestação do candidato em entrevista.

Núcleos de Estudantes

Os alunos do Técnico dinamizam autonomamente e proativamente projetos que complementam o seu percurso académico, como os Núcleos de Estudantes, nos quais adquirem competências e mais-valias que os tornam mais competitivos no mercado de trabalho.