Sobre o Curso

A Microbiologia estuda os microrganismos, nomeadamente o seu genoma, funcionamento celular, diversidade e evolução, essenciais para a compreensão dos mecanismos fundamentais da vida. Os Mestres em Microbiologia estudam a comunidade microbiana propondo aplicações para setores como a biotecnologia industrial, recuperação ambiental, produção de energia, saúde humana e animal e no setor alimentar.

O Mestrado em Microbiologia é uma iniciativa conjunta do Técnico, da Faculdade de Ciências, da Faculdade de Medicina e da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade de Lisboa.

ciencias_ulisboa_marca_horizontal_rgb_azullogo_horizontal_1_positivounnamed

Plano Curricular

O 2º Ciclo em Microbiologia tem a duração de 4 semestres (2 anos), correspondentes a 120 ECTS, e é composto pelas seguintes componentes curriculares:

  • 1º ano (ECTS)

    • 54
    • 6
  • 2º ano (ECTS)

    • 3
    • 57

Plano Curricular

  1. Especialidade: Área Principal (54 ECTS)

    O Mestrado em Microbiologia (Major) aprofunda os conhecimentos adquiridos em Genómica Funcional e Comparativa, Microbiologia Integrativa, Microbiologia Médica, Biotecnologia Molecular, Fábricas Celulares e Microbianas, entre outras.,

  2. Opções Livres (6 ECTS)

    O currículo oferece a possibilidade de escolha de uma disciplina de uma vasta oferta nas quatro faculdades parceiras.

    Minors

  3. Projeto (3 ECTS)

    O Projeto em Microbiologia pretende fazer um ponto de situação ao trabalho desenvolvido no primeiro semestre da dissertação, promovendo o aprofundamento do tema de tese e das metodologias de trabalho.

  4. Dissertação (57 ECTS)

    A dissertação é o trabalho final do ciclo de estudos, permitindo a cada estudante debruçar-se e especializar-se sobre um assunto específico. Poderá ser realizado num dos seguintes âmbitos:

    • Tese Científica
    • Estágio em Empresa
    • Projeto multidisciplinar Capstone

Destinatários

O Mestrado em Microbiologia destina-se a licenciados em áreas relacionadas com as Ciências da Vida e da Saúde, como Biologia, Biotecnologia, Bioquímica, Ciências da Saúde, Ciências Biomédicas, Bioengenharia e áreas afins.

O curso é lecionado em português podendo algumas unidades curriculares ser lecionadas em língua inglesa, caso existam alunos internacionais ou em programas de mobilidade inscritos.

Saídas Profissionais

Os Mestres em Microbiologia do Técnico estão habilitados a desenvolver carreiras profissionais como microbiologistas, no setor industrial ou em serviços públicos, em áreas como:

  • Biotecnologia;
  • Indústria Alimentar;
  • Indústria Farmacêutica;
  • Ambiente;
  • Saúde e Indústria Biomédica.

Os Mestres em Microbiologia estão ainda preparados para prosseguir estudos de doutoramento e desenvolver atividades de investigação, tendo não só opções de carreira em instituições de I&D, na universidade, na indústria e nos serviços, apresentando ainda competências para criar e desenvolver as suas empresas e projetos próprios.

Condições de Acesso

Podem candidatar-se a um 2.º ciclo do Técnico estudantes que:

  • sejam titulares de uma formação de 1.º ciclo na área de Ciências e Tecnologia (excetua-se o caso do 2.º ciclo em Arquitetura que pressupõe uma formação de 1.º ciclo em Arquitetura);
  • sejam detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que ateste a sua capacidade para realização do mestrado a que se candidatam.

Os candidatos são seriados segundo os seguintes critérios:

  • Afinidade entre o curso que possuem e o curso a que se candidatam;
  • Natureza do grau que possuem;
  • Sucesso escolar no curso que frequentaram.

Nota: caso seja solicitado, poderão ser valorizados o currículo académico, científico ou profissional e a prestação do candidato em entrevista.

Núcleos de Estudantes

Os alunos do Técnico dinamizam autonomamente e proativamente projetos que complementam o seu percurso académico, como os Núcleos de Estudantes, nos quais adquirem competências e mais-valias que os tornam mais competitivos no mercado de trabalho.

Os estudantes dos cursos do Departamento de Bioengenharia juntam-se anualmente para a organização da Semana da Bioengenharia, uma iniciativa que promove o contacto com várias empresas, investigadores e percursos profissionais.