Candidaturas

Programa de Especialização em “LeAD: Low-Code Application Development”

Candidaturas: até 12 de outubro de 2020.

A construção de apps e a sua rápida disponibilidade no mercado, sem grande esforço em termos de engenharia, tem sido possível graças a plataformas de desenvolvimento low-code. Segundo um estudo da Gartner, o desenvolvimento de apps em tecnologia low-code representará 65% de todas as funções de desenvolvimento de apps até 2024 e cerca de 66% das grandes organizações estarão a usar, no mínimo, quatro destas plataformas. Adicionalmente, a Forrester prevê que em 2022 este mercado tenha um valor de $21.2 mil milhões.

O Programa de Especialização em LeAD: Low-Code Application Development, fruto de uma parceria entre o Técnico+ e a ITUp, inclui a certificação “Associate Developer” emitida pela OutSystems e tem como principal objetivo dotar os formandos de ferramentas e conhecimentos imprescindíveis para os profissionais de programação Low-Code, uma das especialidades com maior carência de profissionais no mercado das IT (TI, tecnologias de informação).

Através de uma aproximação visual à programação e automação de tarefas repetitivas, o low-code acelera a criação e mudança de sistemas digitais. Projetos considerados impossíveis ou que demorariam anos a executar noutros tipos de linguagem de programação, reduzem substancialmente – através desta plataforma – o grau de dificuldade e o tempo de implementação. Esta simplificação em softwares tão importantes tem levado cada vez mais as grandes empresas tecnológicas a investir forte no mercado de low-code.

«Este programa de formação em tecnologias low-code de desenvolvimento de aplicações, das quais a plataforma da empresa portuguesa OutSystems é líder mundial de acordo com a Gartner, é basicamente um sonho tornado realidade», explica Miguel Mira da Silva, professor associado no Departamento de Engenharia Informática do Técnico. «O crescimento exponencial da OutSystems tem causado uma procura cada vez maior por especialistas na plataforma. Adicionalmente, não é necessário ter conhecimentos profundos em informática para aprender a desenvolver aplicações em OutSystems.»

«A parceria com a ITUp garante a qualidade do curso, pois esta empresa de formação, já ofereceu centenas de cursos sobre a plataforma, tem vindo a melhorar continuamente a sua oferta ao longo de vários anos. Numa altura em que o mundo inteiro vai atravessar uma crise económica brutal, com consequências gravíssimas em termos de desemprego, este curso é uma oportunidade de investimento pessoal numa certificação que praticamente garante um bom emprego com salário elevado, em qualquer parte do mundo – incluindo em Portugal», acrescenta o professor Miguel Mira da Silva.

Formato: Online
Datas: 26 outubro de 2020 a 9 de fevereiro de 2021.
Horário: de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.
Candidaturas: até 12 de outubro de 2020.
N.º de vagas limitado a 15 formados.

Mais informações.