Campus e Comunidade

Vodafone liga-se à Rede de Parceiros do Técnico

Passam a ser 13 o número de empresas que consolidam esta relação de parceria que permite uma maior proximidade ao(s) talento (s) da escola.

A Vodafone acaba de se juntar ao lote de 12 empresas que compõem a rede de parceiros do Técnico.  O Museu Faraday- um espaço museológico do Técnico que reúne relíquias das áreas científicas de Eletrónica, Energia e Computadores – revelou-se o cenário perfeito para a assinatura do protocolo que esta quarta-feira, 5 de junho, oficializou a entrada da primeira empresa da área de telecomunicações na rede de parceiros. A simbólica cerimónia reuniu alunos, docentes, presidentes de Departamentos e, claro, os representantes das instituições que protagonizam esta parceria: o engenheiro João Nascimento, Chief Technology Officer da Vodafone, e o professor Arlindo Oliveira, presidente do Técnico.

“O Técnico tem tido esta estratégia de estabelecer parcerias privilegiadas, profundas e estáveis com um conjunto de empresas que integram a nossa rede de parceiros, e a que hoje se junta a Vodafone”, começava por contextualizar o presidente do Técnico. Salientando que esta é uma relação com vantagens mútuas para ambas as entidades, o docente assinalava que no decorrer da mesma se preveem “um conjunto de atividades variadas que servirão para reforçar, entre outras coisas, a proximidade da empresa com os nossos alunos”. “É um prazer estar aqui hoje a assinar este protocolo e obrigada por reconhecerem o valor do Técnico”, declarava, por fim, o professor Arlindo Oliveira.

Também o engenheiro João Nascimento, proferiu algumas palavras que transmitiam um entusiasmo muito similar. Começando por partilhar a sua ligação pessoal em relação ao Técnico, do qual é antigo aluno, o CTO da Vodafone revelava que esta é uma parceria que a empresa assina “com muito gosto” e que já era desejada há algum tempo. “Esta ligação de médio longo prazo permite-nos estar mais perto do Técnico, e ao Técnico estar mais perto da Vodafone”, assinalava. Evidenciando “a qualidade” que a operadora de telecomunicações reconhece aos alunos do Técnico, o engenheiro João Nascimento revelava que um dos pilares desta parceria é o Vodafone 5G Hub –  o centro de inovação para impulsionar a rede móvel do futuro em Portugal – do qual agora a escola faz parte. “Estamos muito entusiasmados com esta parceria e esperamos que seja produtiva e que possamos continuar a criar iniciativas conjuntas”, enfatizava ainda o CTO.

O professor Luís Caldas de Oliveira, vice-presidente do Técnico para o empreendedorismo e as ligações empresariais, detalhava depois algumas das iniciativas em que se desdobrará a parceria. Para além da proximidade entre alunos e docentes da escola em relação à Vodafone que se concretizará de diversas formas, esta parceira abre portas para a criação de uma bolsa de mestrado oferecida pela empresa, a atribuição de um prémio de mérito a uma unidade curricular do Técnico e a participação da empresa de telecomunicações na Jobshop. Além disso, e como já havia sido referido, o Técnico passa a fazer parte do centro de inovação da Vodafone,  sendo que para isso, e muito em breve, será instalada no campus da Alameda uma antena 5G.

A nova empresa que integra a rede de parceiros, é uma operadora móvel multinacional inglesa com sede em Londres, e que opera em mais de 30 países. Em Portugal, a empresa nasce em 1992, sob a antiga designação de Telecel. Desde então a empresa tem vindo a crescer exponencialmente, assumindo-se como líder em inovação, imagem de marca e satisfação dos clientes, com uma cobertura de rede de abrangência nacional, chegando a cerca de 3 milhões de lares e empresas através da rede de fibra de última geração e servindo 4,7 milhões de clientes com a sua rede móvel.